terça-feira, junho 19, 2018
À Beira Dágua Dágua o fluido lençol, onde em áscuas cintila O sol, que no cristal argênteo se refrata, Crepitando na pedra, a cuja borda oscila, Cai, gemendo e cantando, ao fundo da cascata. Parece a grave queixa, atroando em torno a mata, Contar não...
Canção de Outono Perdoa-me, folha seca, não posso cuidar de ti. Vim para amar neste mundo, e até do amor me perdi. De que serviu tecer flores pelas areias do chão, se havia gente dormindo sobre o própro coração? E não pude levantá-la! Choro pelo que não fiz. E pela...
113,069FãsCurtir
252SeguidoresSeguir
16SeguidoresSeguir

CURTA-NOS NO FACEBOOK

ARTIGOS POPULARES

SIGA-NOS NO INSTAGRAM